Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 27º

Edição

Biden comunica a Obrador melhorias no reagrupamento de imigrantes

A Administração norte-americana comunicou ao presidente do México, Manuel Lopez Obrador, melhorias no reagrupamento familiar de imigrantes mexicanos.

Biden comunica a Obrador melhorias no reagrupamento de imigrantes
Notícias ao Minuto

00:25 - 02/03/21 por Lusa

Mundo EUA

Numa reunião por videoconferência com o seu homólogo mexicano, o presidente norte-americano, Joe Biden, prometeu que a sua Administração irá manter uma relação "entre iguais" com o país vizinho reconhecendo que ambos os países "não têm sido vizinhos perfeitos".

"Estados Unidos e México são mais fortes quando estão juntos. Estamos mais seguros quando trabalhamos juntos, seja em lidar com os desafios da nossa fronteira comum ou controlar esta pandemia", disse o presidente norte-americano na sua primeira reunião com Obrador.

"Vocês são nossos iguais e o que fazem, o sucesso que têm, tem um impacto enorme no que acontece no resto do continente", adiantou Biden, durante a abertura da reunião, aberta à comunicação social.

Questionado pela imprensa se os Estados Unidos enviarão vacinas ao México, como este país pretende, Biden afirmou apenas que o assunto iria ser falado durante a reunião.

Mas antes, a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, avisouque só depois de o país garantir doses suficientes para imunizar todos os norte-americanos irá compartilhar o seu "stock" com outros países.

Na reunião de hoje, estiveram presentes altos responsáveis da Administração Biden, incluindoos secretários de Estado, e da Segurança Interna, respetivamente Anthony Blinken e Alejandro Mayorkas.

Segundo Mayorkas, nas últimas semanas foram reagrupadas uma centena de famílias de imigrantes mexicanos, e os esforços neste sentido vão continuar.

"Esperamos reunir as famílias aqui ou no seu país de origem, e contamos dar-lhes a escolher onde" será feito o reagrupamento, afirmou antes da reunião, numa altura em que tem vindo a aumentar o afluxo de imigrantes sul-americanos à fronteira, atraídos pela promessa de políticas de imigração mais flexíveispela Administração Biden.

Estima-se em vários milhares o número de crianças atualmente separadas dos seus pais no quadro da política de "tolerância zero" para a imigração, posta em prática pelo ex-presidente Donald Trump em 2018.

No início da reunião, López Obrador afirmou que as relações entre os dois países são "estratégicas".

"Agradeço-lhe também por desejar que o nosso relacionamento seja baseado no respeito e na igualdade. E devemos manter a nossa cooperação para um desenvolvimento pleno baseado na independência e na autonomia", afirmou o presidente mexicano.

Obrador defendeu um "diálogo constante" entre os dois países, destacando que além de uma fronteira de 3.180 quilómetros, os dois países estão ligados pelas economias, comércio, cultura, história e amizade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório