Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Brasil notifica mais 55 mil casos num dia, supera os 240 mil óbitos

Autoridades de Saúde brasileiras reportam mais 55.271 contágios e 1.167 óbitos no último dia. A taxa de mortalidade e a incidência de novos casos voltou a subir.

Brasil notifica mais 55 mil casos num dia, supera os 240 mil óbitos
Notícias ao Minuto

21:30 - 16/02/21 por Anabela Sousa Dantas com Lusa

Mundo Brasil

O Ministério da Saúde brasileiro notificou, esta terça-feira, mais 55.271 casos de infeção por novo coronavírus e mais 1.167, uma subida em relação aos números reportados no domingo e na segunda-feira (no fim de semana algumas secretarias regionais de saúde não reportam dados).

O número total de casos confirmados no país, desde 26 de fevereiro, é agora de 9.921.981 e o número de óbitos acumulados é de 240.940, segundo o site do Ministério da Saúde.

Entre o total de casos positivos confirmados, mais de 8,8 milhões são considerados recuperados da doença, enquanto mais de 797 mil permanecem sob acompanhamento médico.

Ainda de acordo com o site do Ministério, a taxa de mortalidade é agora de 115 mortes (ontem era de 114) e a incidência de novos casos é de 4.721 (ontem era de 4.695), por cada 100 mil habitantes.

Os estados mais impactados no que diz respeito ao número de novos casos são São Paulo (11.496), Rio de Janeiro (8.385), Paraná (8.000), Bahia (3.849) e Santa Catarina (3.757). Quanto ao número de óbitos, os estados de São Paulo (398), Rio de Janeiro (118), Amazonas (108) e Paraná (77) são os mais afetados nas últimas 24 horas.

Os números confirmam o Brasil, que tem uma população de 212 milhões de habitantes e está a sofrer uma segunda vaga da pandemia, como o país com o segundo maior número de mortes por Covid-19 no mundo, depois dos Estados Unidos, e o terceiro maior número de casos, a seguir aos Estados Unidos e da Índia.

Os especialistas temem agora que os números subam ainda mais nas próximas duas semanas, após o fim do Carnaval esta quarta-feira. Apesar de as festividades oficiais terem sido canceladas, têm tido lugar eventos clandestinos em várias cidades do país.

Desde sexta-feira passada, data prevista para o início das celebrações do Carnaval, houve festas secretas, à margem da lei, que reuniram centenas de pessoas, muitas sem máscara, em vários estados, tais como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Além disso, embora os tradicionais desfiles das escolas de samba e desfiles de rua tenham sido cancelados em todo o Brasil para evitar multidões, muitos brasileiros voltaram-se para as praias da extensa costa do país para desfrutar do verão sem cumprir o distanciamento social recomendado.

Leia Também: AO MINUTO: Já há relatório de vacinação. Marcelo recebe parceiros sociais

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório