Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Violência doméstica: "Se casa não é um lugar seguro, não fiques em casa"

Família partilha fotos de vítima de relação abusiva para incentivar denúncias.

Violência doméstica: "Se casa não é um lugar seguro, não fiques em casa"

Alexandra Reid morreu em fevereiro de 2020. Um ano depois, a família partilhou fotos suas para alertar para as consequências dos abusos numa relação, apelando a todos que denunciem situações semelhantes.

A jovem morreu dias depois de se ter deslocado a uma esquadra de polícia para denunciar os abusos físicos, mentais e financeiros que sofria por parte do namorado

A mulher, de 30 anos, terá temido denunciar o caso à polícia durante muito tempo porque o namorado, Peter Yeung, sempre a fez crer que ninguém acreditaria nas suas acusações.

Yeung foi preso esta segunda-feira, tendo o juiz considerado as suas ações como "calculistas e totalmente desonestas". Já Yeung, de 34 anos, alegou ser inocente e disse que a mulher é que se auto-mutilava.

A família da jovem, incentivada pela sua irmã, decidiu partilhar imagens de Alex quando ainda era uma pessoa feliz. O objetivo é incentivar outras vítimas de abusos a denunciarem a situação e a lembrarem-se de que há sempre quem acredite nelas e esteja pronto a ajudá-las.

A mensagem ganha contornos diferentes em tempos de pandemia.

"Se estar em casa não é estar num local seguro para ti, sabe que não estás sozinha, e que se não estás segura em casa, não tens que ficar aí", afirma Kathy.

Alex morreu vítima de suicídio.

Serviços telefónicos de apoio emocional e prevenção ao suicídio em Portugal

- SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 800 209 899 (Número gratuito)

- Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

- SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

- Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

- Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Leia Também: Violência doméstica. PSP detém homem que agrediu mulher e filho em Chaves

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório