Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Palestiniano morto a tiro em colonato na Cisjordânia

Um palestiniano foi hoje morto a tiro num colonato israelita no norte da Cisjordânia ocupada, onde tinha entrado durante a noite, indicaram fontes israelitas e palestinianas.

Palestiniano morto a tiro em colonato na Cisjordânia

Khaled Maher Nofal, 34 anos, foi "abatido por colonos", segundo a agência oficial palestiniana Wafa, que precisa que o exército israelita recuperou o corpo.

O exército, por seu turno, indicou que o homem foi "neutralizado" por um guarda da quinta onde entrou, perto da cidade palestiniana de Qalqilyah.

Adianta que "não foi encontrada qualquer arma" na posse do intruso.

"Às 03:45 (01:45 em Lisboa), um terrorista entrou na quinta de Sde Efraim no seu carro (...), saiu da viatura a correr na direção da casa (do proprietário da quinta), gritando 'Allah Akbar' (Deus é grande) e tentando entrar na habitação", refere o exército israelita num comunicado.

Adianta que "na mesma altura", um guarda da quinta viu o homem e alertou outros guardas que dormiam, tendo o palestiniano corrido para o guarda, que "agrediu", antes de ser "neutralizado" por um outro guarda e o proprietário da quinta.

Na sequência do incidente, soldados israelitas entraram hoje de manhã na localidade palestiniana de Ras Karkar, perto de Ramallah, de onde era originário o homem abatido.

Cerca de 475.000 pessoas vivem atualmente nos colonatos israelitas na Cisjordânia, ao lado de mais de 2,8 milhões de palestinianos.

Os colonatos são considerados ilegais pela lei internacional.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório