Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Blinken promete restaurar o prestígio dos EUA no mundo

O novo chefe da diplomacia dos EUA, Antony Blinken, prometeu hoje reconstruir pontes com os aliados e restaurar a posição dos Estados Unidos no mundo.

Blinken promete restaurar o prestígio dos EUA no mundo
Notícias ao Minuto

16:40 - 27/01/21 por Lusa

Mundo EUA

No primeiro dia completo de trabalho como secretário de Estado, Blinken reconheceu que o seu Governo tem "um longo e difícil caminho pela frente", mas prometeu refazer pontes com aliados e recuperar o prestígio internacional perdido pelos Estados Unidos.

"Guiaremos o mundo pela força do nosso exemplo", explicou Blinken, assegurando que irá privilegiar a "diplomacia com os aliados e parceiros, enfrentar os grandes desafios do nosso tempo, como a pandemia, as mudanças climáticas, a crise económica, as ameaças à democracia, as lutas pela justiça racial".

"O mundo está a olhar para nós. (...) O mundo quer saber se podemos curar as nossas feridas como nação", disse Blinken, no dia seguinte à confirmação da sua nomeação pelo Senado dos EUA, referindo-se aos danos de imagem provocados pelo ataque ao Capitólio por apoiantes do ex-Presidente Donald Trump, em 06 de janeiro.

Antony Blinken, 58 anos, é há muito um confidente do Presidente Joe Biden e, perante uma pequena audiência no seu gabinete, reafirmou a promessa de trabalhar para recuperar a posição internacional dos Estados Unidos.

"A liderança da América é necessária em todo o mundo. E nós vamos assegurá-la, porque é muito mais provável que o mundo resolva problemas e enfrente desafios quando os Estados Unidos estão presentes", acrescentou o chefe da diplomacia norte-americana.

"Nunca passámos por um período como este. O Presidente está determinado a sair dele, o mais rápido possível", insistiu Blinken.

Numa crítica velada aos seus antecessores republicanos Rex Tillerson e Mike Pompeo - acusados de muitas vezes desprezarem ou até abandonarem diplomatas de carreira quando ameaçados ou atacados - Antony Blinken prometeu defender a sua equipa no Departamento de Estado, prestando uma homenagem ao profissionalismo dos diplomatas.

"Um dos grandes atributos do nosso serviço público no estrangeiro ao longo da História tem sido o seu não partidarismo", comentou Blinken.

O secretário de Estado repetiu que o Governo do Presidente Biden está interessado em trazer o Irão de volta ao cumprimento do acordo nuclear de 2015, do qual Trump retirou os Estados Unidos unilateralmente em 2018, e comprometeu-se a colaborar de perto com os aliados, para vencer os desafios dos próximos anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório