Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Biden falou com Putin. Navalny e ataque cibernético foram temas centrais

O presidente tenta demarcar-se da postura amigável de Trump face a Putin, mas ao mesmo tempo quer dar espaço à diplomacia com a nação rival.

Biden falou com Putin. Navalny e ataque cibernético foram temas centrais

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, teve esta terça-feira a sua primeira conversa com Vladimir Putin desde que assumiu o cargo. A Associated Press avança que na conversa por telefone, Biden deu conta da preocupação de Washington relativamente à detenção do principal opositor do líder russo, Alexei Navalny.

Mas este não foi o único tema no qual Biden adotou uma postura mais rígida face ao seu homólogo russo.

O presidente norte-americano pressionou Putin quanto ao envolvimento da Rússia num ataque cibernético de larga escala nos Estados Unidos e também sobre a alegada oferta do Kremlin de recompensas pela morte de soldados norte-americanos no Afeganistão.

Biden salientou que os Estados Unidos estão dispostos a defender-se e vão agir, o que pode incluir novas sanções a Moscovo, para garantir que o governo russo não escapa impune.

O novo líder norte-americano pretende demarcar-se da retórica amigável que o seu antecessor, Donald Trump, mantinha com Vladimir Putin. Um dos aspetos onde Biden vincou a diferença para Trump diz respeito às eleições de 2016 e do ano passado nos Estados Unidos. Biden disse a Putin que sabia que a Rússia tinha tentado interferir nessas duas eleições.

Mas, ao mesmo tempo, quer dar espaço à diplomacia. Biden terá falado com Putin sobre a importância de ser finalizada a extensão de cinco anos do Tratado New Start, relativamente ao desarmamento nuclear entre as duas potências. O atual acordo expira no dia 5 de fevereiro.

O Kremlin já teria feito um pedido na semana passada para uma conversa telefónica entre os dois líderes. No entanto, Biden quis falar primeiro com os seus aliados europeus, incluindo Boris Johnson, Angela Merkel e Emmanuel Macron. Esta terça-feira, antes da chamada com Putin, Biden falou com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Leia Também: EUA anunciam restabelecimento das relações com os palestinianos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório