Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Palestiniano morto a tiro após tentar esfaquear dois soldados israelitas

Um palestiniano foi hoje morto a tiro na Cisjordânia ocupada após ter tentado esfaquear dois soldados israelitas, indicaram o exército israelita e o Ministério da Saúde palestiniano.

Palestiniano morto a tiro após tentar esfaquear dois soldados israelitas

A tentativa de ataque ocorreu no cruzamento de Gitai Avisar, perto de Nablus, no norte da Cisjordânia, referiu o exército num comunicado.

Os soldados impediram as "múltiplas tentativas de ataques com a faca" e nenhum deles ficou ferido, precisou o exército, segundo o qual foi o comandante que estava no local que "disparou e neutralizou" o palestiniano.

O Ministério da Saúde palestiniano indicou, por seu turno, num comunicado ter sido informado que um "cidadão" tinha sido abatido por militares israelitas.

A Cisjordânia é um território palestiniano ocupado desde 1967 pelo Estado hebreu. Mais de 450.000 israelitas vivem nos colonatos na região, considerados ilegais face à lei internacional, ao lado de cerca de 2,8 milhões de palestinianos.

Desde outubro de 2015 e durante vários meses, Israel e a Cisjordânia foram palco de ataques anti-israelitas, realizados por jovens palestinianos isolados na maioria com facas, embora alguns tenham recorrido a atropelamentos e, em menor grau, a armas de fogo.

Esta violência diminuiu depois de intensidade, mas persiste esporadicamente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório