Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Quatro detidos após incêndio em lar ilegal de idosos

As autoridades ucranianas anunciaram hoje que detiveram quatro pessoas após o incêndio que matou 15 pessoas na quinta-feira num lar de idosos ilegal, decretando ainda um dia de luto nacional.

Quatro detidos após incêndio em lar ilegal de idosos
Notícias ao Minuto

13:01 - 22/01/21 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Quatro pessoas foram detidas", escreveu a procuradora-geral do país, Iryna Venediktova, no Facebook.

Os quatro detidos são o proprietário do prédio localizado em Kharkiv, no leste da Ucrânia, o homem que alugou o prédio, e a sua mulher, que dirigia o estabelecimento, bem como o gerente do lar de idosos.

Segundo a procuradora-geral, a investigação está a concentrar-se em três hipóteses: incêndio criminoso, curto-circuito ou uso indevido de aparelhos elétricos.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, visitou hoje de manhã,o local, onde anunciou que será assinalado um dia de luto nacional no sábado.

O incêndio começou na noite de quinta-feira num lar de idosos situado nos arredores de Kharkiv, uma grande cidade da ex-república soviética.

Quinze pessoas morreram e nove foram resgatadas, incluindo cinco que foram hospitalizadas.

Segundo as autoridades, os residentes do estabelecimento pagavam, em média, mais de 400 euros por mês, uma quantia muito elevada para a Ucrânia. O lar de idosos não estava oficialmente registado, pelo que operava ilegalmente.

Os incêndios mortais não são raros na Ucrânia, onde o cumprimento das regras de segurança é pouco controlado e muitas infraestruturas estão em ruínas.

Em dezembro de 2019, um incêndio matou 16 pessoas e feriu outras 30 numa instituição de ensino superior em Odessa, no sul do país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório