Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2021
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Von der Leyen agradece a Costa "liderança" no pilar dos direitos sociais

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, agradeceu hoje ao primeiro-ministro português, António Costa, pela sua "liderança e apoio" no pilar dos direitos sociais, uma das prioridades da presidência portuguesa da União Europeia (UE).

Von der Leyen agradece a Costa "liderança" no pilar dos direitos sociais
Notícias ao Minuto

10:39 - 20/01/21 por Lusa

Mundo UE/Presidência

"Quero agradecer ao António pela sua liderança e apoio nesta questão", declarou a líder do executivo comunitário, falando no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Intervindo depois de António Costa ter apresentado as prioridades da presidência portuguesa da UE, Ursula von der Leyen vincou que, como defendido por Portugal, "a recuperação ecológica e digital tem de ser algo que crie empregos", numa altura em que a UE atravessa uma das mais severas crises gerada pela pandemia de covid-19.

"Estou ansiosa para a cimeira social no Porto, em maio, onde poderemos passar uma mensagem unida juntamente com os sindicatos, associações de empresários, parceiros sociais e instituições da UE", referiu a responsável.

Ursula von der Leyen adiantou que, em fevereiro, a Comissão Europeia irá "dar resposta a alguma das grandes tendências societais", para depois, em março, "apresentar o plano de ação dos direitos sociais".

Adotado há três anos, o Pilar dos Direitos Sociais defende um funcionamento mais justo e eficaz dos mercados de trabalho e dos sistemas de proteção social, nomeadamente ao nível da igualdade de oportunidades, acesso ao mercado de trabalho, proteção social, cuidados de saúde, aprendizagem ao longo da vida, equilíbrio entre vida profissional e familiar e igualdade salarial entre homens e mulheres.

A Comissão Europeia está a preparar a sua proposta para o plano de ação e deve apresentá-lo dentro de semanas, cabendo à presidência portuguesa conduzir o debate e negociar um compromisso entre os 27 que permita 'fechar' um acordo em maio, aquando da cimeira social no Porto.

O primeiro-ministro, António Costa, na condição de presidente em exercício do Conselho da UE, debate hoje com o Parlamento Europeu, em Bruxelas, as prioridades da presidência portuguesa para o primeiro semestre do ano.

Também hoje, intervindo na assembleia europeia, o chefe de Governo português qualificou o pilar social como a "melhor vacina contra as desigualdades, o medo e o populismo" e defendeu que servirá para "dar confiança aos europeus" de que as mudanças atuais "são uma oportunidade".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório