Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Alemanha com 1.148 mortos. É o terceiro pior dia da pandemia

País volta a superar a fasquia dos mil óbitos diários.

Alemanha com 1.148 mortos. É o terceiro pior dia da pandemia

A Alemanha regista hoje mais 1.148 vítimas mortais da Covid-19 e mais 15.974 infetados.

Segundo o Instituto Robert Koch, este será o terceiro pior dia em termos de óbitos, logo a seguir aos dias 13 de janeiro (1.207 mortos) e 7 de janeiro (1.152 mortos).

Em termos totais, o país contabiliza 48.770 mortos e 2.068.002 infetados.

A incidência cumulativa de casos novos por uma semana e 100 mil habitantes é de 123,5.

A chanceler Angela Merkel e os governadores dos 16 estados da Alemanha decidiram, esta terça-feira, prolongar o confinamento em vigor até meados de fevereiro e receiam que as recentes mutações da covid-19 aumentem o número de casos.

No entanto, o aumento de novas infeções na Grã-Bretanha e Irlanda, que estarão relacionados com uma variante do vírus mais contagiosa, deixou as autoridades alemãs preocupadas com a hipótese desta mutação se espalhar rapidamente, caso as medidas não fossem prolongadas ou mesmo endurecidas.

Merkel e os governadores já agendaram para a próxima semana uma nova reunião.

"Todos os nossos esforços para conter a propagação do vírus estão a enfrentar uma séria ameaça", realçou a chanceler alemã, em declarações aos jornalistas em Berlim, referindo-se à nova mutação da covid-19.

Além de prolongar o encerramento dos restaurantes, lojas e escolas até 14 de fevereiro, as autoridades acordaram também em exigir à população a utilização das máscaras FFP2 ou KN95, consideradas mais eficazes, nos transportes públicos e nas lojas.

No entanto, o aumento de novas infeções na Grã-Bretanha e Irlanda, que estarão relacionados com uma variante do vírus mais contagiosa, deixou as autoridades alemãs preocupadas com a hipótese desta mutação se espalhar rapidamente, caso as medidas não fossem prolongadas ou mesmo endurecidas.

Merkel e os governadores já agendaram para a próxima semana uma nova reunião.

"Todos os nossos esforços para conter a propagação do vírus estão a enfrentar uma séria ameaça", realçou a chanceler alemã, em declarações aos jornalistas em Berlim, referindo-se à nova mutação da covid-19.

Além de prolongar o encerramento dos restaurantes, lojas e escolas até 14 de fevereiro, as autoridades acordaram também em exigir à população a utilização das máscaras FFP2 ou KN95, consideradas mais eficazes, nos transportes públicos e nas lojas.

Leia Também: Alemanha receia mutações e prolonga confinamento até meados de fevereiro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório