Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Canadá. Agentes envolvidos em tiroteio que matou bebé recusam falar

Pai terá raptado o filho de um ano de idade e estava em fuga num veículo, tendo depois existido troca de tiros com a polícia.

Canadá. Agentes envolvidos em tiroteio que matou bebé recusam falar

Os agentes da polícia do Canadá que estiveram envolvidos num tiroteio que terminou com a morte de uma criança de um ano de idade continuam a recusar falar com os investigadores, dois meses depois do incidente, de acordo com o Guardian.

A unidade especial de investigação (SIU) de Ontario indicou que nenhum dos agentes que abriu fogo sobre carrinha onde seguia a criança, a 27 de novembro, concordou em ser entrevistado, justificando que não têm obrigação legal para o fazer.

"Compreensivelmente, há interesse público neste caso, sobretudo sobre como a criança morreu e se foram os disparos do pai ou dos agentes que causaram a morte", indicou o SIU em comunicado, que critica a opacidade do processo de investigação.

O incidente começou quando agentes da polícia da comunidade de Kawartha Lakes, em Ontario, foram chamados a uma disputa doméstica com suspeita de rapto de um menino de um ano pelo pai.

A polícia tentou parar a carrinha onde seguia o pai, tendo acabado por colidir com o carro das autoridades e com outro veículo. Três agentes dispararam as armas contra a carrinha, de acordo com o SIU.

O menino, que estava no banco de trás do veículo, foi atingido e pronunciado morto no local. O pai, também atingido, morreu no hospital, uma semana depois.

Leia Também: Canadá vai exigir teste negativo a todos os viajantes que entrem no país

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório