Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Após o motim, Guarda Nacional ainda está no Capitólio. E dorme por lá

Centenas de militares permanecem dentro do edifício, antevendo-se uma semana de potencial tensão.

No chão, em escadas, em corredores, onde houver espaço. É assim que os militares da Guarda Nacional têm dormido, no Capitólio, desde o ataque da passada quarta-feira, que culminou na morte de cinco pessoas.

A área em torno da sede do Congresso norte-americano é agora muito diferente do que se passava na semana passada, altura em que extremistas pró-Trump invadiram e pilharam o edifício governamental.

Lá dentro, as zonas que antes estavam abertas aos turistas, servem agora de dormitório e zona de descanso improvisada para as centenas de militares da Guarda Nacional. Alguns locais, outros que chegaram de várias partes do país desde quarta-feira, preparando a defesa do edifício para esta quarta-feira, altura em que o processo de destituição de Donald Trump foi votado (e aprovado), e para a agitada semana que se segue.

Recorde-se que a Guarda Nacional dos Estados Unidos, antevendo alguma tensão, anunciou esta quarta-feira que foi autorizada a usar armas para garantir a segurança do Capitólio.

Leia Também: mara dos Representantes aprova 2.º processo de destituição de Trump

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório