Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Covid-19: Morreu o arcebispo emérito do Rio de Janeiro Oscar Scheid

O arcebispo emérito do Rio de Janeiro, Eusébio Oscar Scheid, um dos quatro cardeais brasileiros que participaram no conclave que elegeu o Papa Francisco, morreu hoje aos 88 anos, vítima de covid-19, segundo fontes oficiais.

Covid-19: Morreu o arcebispo emérito do Rio de Janeiro Oscar Scheid

Scheid, que foi arcebispo do Rio de Janeiro e de Florianópolis, foi diagnosticado com covid-19 no hospital da cidade de São José dos Campos, onde estava internado em estado grave desde dezembro, após ter contraído pneumonia, e não resistiu à doença, informou a arquidiocese do Rio de Janeiro.

O jesuíta, que fixara residência em São José dos Campos, município do estado de São Paulo do qual foi bispo, apresentava problemas de saúde desde dezembro passado, informou a arquidiocese do Rio de Janeiro num comunicado publicado na rede social Facebook.

Scheid foi arcebispo da cidade brasileira de Florianópolis entre 1991 e 2001, ano em que se tornou arcebispo do Rio de Janeiro.

Em 2003 foi consagrado cardeal pelo Papa João Paulo II e em 2009 renunciou à arquidiocese do Rio de Janeiro ao atingir a idade regulamentar.

Eusébio Oscar Scheid participou nos conclaves em que Bento XVI e Francisco foram eleitos pontífices, mas já não exercia como cardeal devido à sua idade.

Quando foi criado cardeal, em 2003, Scheid chegou a dizer que tinha a certeza de que o pontífice que sucederia a João Paulo II seria latino-americano, o que só acabou por acontecer após a renúncia de Bento XVI.

"Creio que há grandes possibilidades de que o novo Papa seja da América Latina, porque é uma região tradicionalmente católica", disse o prelado na ocasião.

Em 2005, protagonizou uma grande polémica ao afirmar que o então Presidente brasileiro, o líder de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva, não era um católico, mas sim um caótico.

Scheid nasceu em 08 de dezembro de 1932 em Luzerna, estado de Santa Catarina, sul do Brasil, obteve um doutoramento em Filosofia e Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e foi ordenado sacerdote em 1960 naquela cidade.

Depois de regressar ao Brasil em 1964, passou vários anos como professor de teologia em várias cidades brasileiras e, em 1981, foi nomeado pelo Papa João Paulo II como bispo de São José dos Campos (estado de São Paulo), cargo no qual permaneceu 10 anos.

No Brasil, a pandemia do novo coronavírus já fez cerca de 205 mil mortos e 8,2 milhões de infetados, o que o torna no terceiro país do mundo com mais infeções.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.963.557 mortos resultantes de mais de 91,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório