Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
27º
MIN 16º MÁX 29º

Bruxelas lança materiais de referência que melhoram testes a anticorpos

O centro de investigação da Comissão Europeia anunciou hoje o lançamento de dois novos materiais de referência que melhoram a qualidade de testes de anticorpos da covid-19, permitindo avanços na investigação da resposta imunitária ao novo coronavírus.

Bruxelas lança materiais de referência que melhoram testes a anticorpos
Notícias ao Minuto

12:30 - 07/12/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Os dois novos materiais de referência, desenvolvidos pelo Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia, melhoram a qualidade dos testes usados para verificar se uma pessoa foi infetada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Os materiais de referência permitem aos laboratórios verificar se os testes de anticorpos em uso estão a funcionar corretamente, na medida em que se os laboratórios forem capazes de medir os anticorpos contra a covid-19 presentes no material de referência, são também capazes de medir os anticorpos formados contra o vírus no sangue humano.

Os materiais de referência são também um primeiro passo para assegurar que os resultados obtidos com vários testes são comparáveis.

"O correto funcionamento dos testes de anticorpos é particularmente importante nas investigações epidemiológicas para descrever a prevalência da infeção e na investigação sobre imunidade contra a covid-19. O material de referência desenvolvido pelo CCI é mais uma peça do puzzle que pode apoiar estes esforços", disse a comissária europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 1.529.324 mortos resultantes de mais de 66,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.963 pessoas dos 322.474 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório