Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Indonésia chama embaixador britânico após líder se proclamar presidente

A Indonésia convocou o embaixador britânico, depois de o líder do movimento pela independência da Papuásia ocidental, Benny Wenda, instalado no Reino Unido, se ter declarado presidente do governo provisório local, anunciou hoje o Ministério Negócios Estrangeiros indonésio.

Indonésia chama embaixador britânico após líder se proclamar presidente

O Ministério dos Negócios Estrangeiros indonésio convocou o embaixador britânico, Owen Jenkins, e transmitiu-lhe "o seu vivo protesto" relativamente às declarações e atividades de Benny Wenda, segundo o porta-voz do ministério, Teuku Faizasyah.

"O embaixador britânico comprometeu-se a transmitir o veemente protesto da Indonésia e reafirmou a posição do Reino Unido sobre a soberania e unidade das regiões indonésias", sublinhou o porta-voz, em comunicado.

O líder do movimento pela independência da Papuásia ocidental autoproclamou-se esta semana presidente de um governo provisório da região, rica em recursos naturais.

A população autóctone é malasiana e maioritariamente cristã, com uma cultura tribal diferente do resto da Indonésia, onde 90% da população é muçulmana.

Antiga colónia holandesa, a Papuásia passou para o controlo da Indonésia nos anos 60, após um referendo de autodeterminação contestado.

Uma porta-voz do gabinete das Nações Unidas para os Direitos Humanos afirmou na segunda-feira que a ONU estava "preocupada com a escalada de violência das últimas semanas e meses" na região.

As forças de segurança indonésias são regularmente acusadas pelas ONG de cometerem abusos contra as populações civis da Papuásia, em repressão de uma rebelião independentista de muitas décadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório