Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 4º MÁX 15º

Edição

Bahrain é o segundo país a aprovar uso da vacina da Pfizer/BioNTech

Reino Unido já encomendou 40 milhões de doses desta vacina contra a Covid-19.

Bahrain é o segundo país a aprovar uso da vacina da Pfizer/BioNTech

O Bahrein é o segundo país do mundo - depois do Reino Unido - a aprovar o uso da vacina contra a Covid-19, desenvolvida em conjunto pela farmacêutica Pfizer e o parceiro alemão BioNTech, avança o The Guardian.

"O Bahrain aprovou o uso da vacina da Pfizer/BioNTech que será usada em grupos de alto risco", avançou, de acordo com a publicação, a Autoridade Reguladora Nacional. Não é, contudo, conhecido quantas doses foram adquiridas ou quando a vacinação irá começar.

Desde o início da pandemia, o Bahrain já reportou mais de 87 mil casos e quase 350 mortes.

De lembrar que o Reino Unido foi o primeiro país no mundo a aprovar o uso generalizado da vacina. A reguladora britânica, a Medicines and Healthcare Products Regulatory Agency (MHRA), anunciou que as inoculações poderão começar nos próximos dias para pessoas que façam parte de grupos prioritários.

O governo liderado por Boris Johnson já encomendou 40 milhões de doses desta vacina - o que permitirá vacinar 20 milhões de pessoas, uma vez que esta vacina requer duas injeções. Cerca de 10 milhões de doses devem ficar disponibilizadas em breve, pois o primeiro lote vai chegar ao Reino Unido no espaço de dias.

A vacina para a Covid-19 é a mais rápida a tornar-se realidade. Bastaram 10 meses, seguindo os mesmos passos para o desenvolvimento de uma vacina, que normalmente demoram cerca de dez anos.

Leia Também: Reino Unido é o primeiro país a aprovar uso da vacina da Pfizer/BioNTech

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório