Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Biden fala com Guterres e Presidentes de Argentina, Costa Rica e Quénia

O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, falou esta segunda-feira com o Secretário-Geral das Nações Unidas António Guterres, assim como com os Presidentes Alberto Fernández da Argentina, Carlos Alvarado da Costa Rica e Uhuru Kenyatta do Quénia.

Biden fala com Guterres e Presidentes de Argentina, Costa Rica e Quénia
Notícias ao Minuto

06:01 - 01/12/20 por Lusa

Mundo EUA

A equipa de transição de Biden disse, num comunicado, que o democrata agradeceu aos quatro líderes por o felicitarem pela sua vitória eleitoral, que ainda não foi reconhecida pelo Presidente cessante dos EUA, Donald Trump.

Na conversa com Fernandez, Biden comprometeu-se a trabalhar "de perto" com a Argentina para conter a pandemia e promover a segurança sanitária global, "inclusive através do reforço das instituições hemisféricas".

Biden salientou a necessidade de uma "cooperação hemisférica ainda mais profunda" em áreas como a prosperidade económica, o combate à crise climática, a gestão dos fluxos migratórios regionais e o "reforço da democracia".

"O presidente eleito também reconheceu a importância de Sua Santidade o Papa Francisco para o povo da Argentina e da América Latina", acrescentou.

Com Alvarado, Biden comprometeu-se a reforçar a parceria entre Washington e a Costa Rica, com base nos "valores democráticos partilhados" e a promover "uma visão (...) para a prosperidade regional e instituições hemisféricas mais eficazes".

Joe Biden agradeceu também a liderança regional da Costa Rica em matéria de direitos humanos, imigração regional, a crise climática ou a pandemia, e expressou a sua preocupação pelos povos da América Central, devastados pelos recentes furacões e pelos desafios associados à migração climática.

Ao Secretário-Geral da ONU, Biden anunciou a sua intenção de reforçar a parceria com os Estados Unidos sobre "questões globais urgentes", com ênfase na pandemia de Covid-19 e futuros desafios de saúde pública ou a ameaça da crise climática.

O Presidente eleito também transmitiu a Guterres a sua "profunda preocupação" com a escalada da violência na Etiópia e o risco que esta representa para os civis.

Finalmente, na sua conversa com Kenyatta, Biden comunicou o seu interesse em desenvolver a atual parceria numa série de áreas, incluindo a crise climática, o apoio aos refugiados e suas comunidades de acolhimento, e os desafios à segurança regional e à instabilidade.

Desde o seu encontro com o Primeiro-Ministro canadiano Justin Trudeau no dia 9, Biden já falou com numerosos líderes mundiais, que o felicitaram pela sua vitória eleitoral e expressaram o seu desejo de trabalhar com o futuro governo.

O chileno Sebastián Piñera foi o primeiro líder latino-americano a falar com Biden, que também já conversou com os líderes da França, Alemanha, Índia, Israel, África do Sul, Reino Unido, Irlanda, Japão, Austrália e Coreia do Sul, bem como com o Papa Francisco, líderes europeus e da NATO.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório