Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Médicos disseram-lhe que contrações eram virose. Deu à luz em casa

Natosha acreditou no que os médicos lhe disseram porque não sabia o que era dar à luz.

Médicos disseram-lhe que contrações eram virose. Deu à luz em casa

Natosha Kramer registou, no Facebook, o momento em que deu à luz, depois de ter ido ao hospital e lhe terem dado alta.

A mulher, de 32 anos, conta que se apresentou no hospital Atrium Medical Center, em Middletown, EUA, queixando-se de fortes dores abdominais, que esta julgava serem fruto do facto de estar em trabalho de parto.

Os médicos, contudo, diagnosticaram-lhe uma virose, situação que Natosha acatou dado que se tratava do seu primeiro filho e não sabia como era dar à luz.

O incidente aconteceu às 6h, do dia 12 de junho. Às 15h30 do mesmo dia, a mulher estava a dar à luz na casa de banho da sua casa.

"Não sabia que estava em trabalho de parto porque disseram-me que devia ser um vírus estomacal. Nunca pensei que estivesse em trabalho de parto. Aliás, mesmo com a cabeça dela a sair-me de entre as pernas, não estava a cair em mim", disse Natosha, que vive sozinha no Ohio. Felizmente, nesse dia, a mulher ia receber a visita dos pais, que acabaram por ajudá-la no parto.

A família ligou para o 112 norte-americano e foi por telefone que receberam as indicações sobre como deveriam proceder, nomeadamente para o corte do cordão umbilical.

Apesar do parto ter corrido bem, Natosha vê-se agora com problemas no que diz respeito ao certificado de nascimento da filha Nola, que por não ter nascido no hospital, torna o seu registo - em tempos de Covid-19 - mais complicado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório