Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Dois jornalistas de TV moçambicana agredidos no norte do país

Dois jornalistas de um canal de televisão moçambicano foram agredidos na terça-feira por residentes num bairro de Nampula, capital provincial no norte do país, ao entrevistar uma família despejada, anunciou hoje uma associação do setor.

Dois jornalistas de TV moçambicana agredidos no norte do país

"O incidente ocorreu na terça-feira, no bairro de Muatala, Nampula, quando os dois jornalistas pretendiam recolher depoimentos e captar imagens de uma cidadã que fora despejada, junto com os seus filhos, pelo ex-marido", refere o Instituto para a Comunicação Social da África Austral (Misa Moçambique) em comunicado.

Além da agressão, os jornalistas da Media Mais TV "viram o seu equipamento de trabalho retido por alguns indivíduos que se encontravam no local", sem que o tenham ainda conseguido recuperar.

O caso foi reportado à polícia e o repórter de imagem recebeu cuidados médicos no Hospital Central de Nampula, acrescentou o Misa.

"O Misa Moçambique condena este ato e pede às instituições de justiça para responsabilizar os autores do crime, devidamente identificados", sublinha.

No mesmo comunicado, o Misa solidarizou-se com os jornalistas da rádio comunitária de Nangololo, no distrito de Muidumbe, Cabo Delgado, cujas instalações foram destruídas por grupos rebeldes que atacam a região.

O ataque obrigou nove jornalistas a fugir para as matas, onde alguns pernoitaram mais de uma semana até chegarem a locais seguros.

"O Misa Moçambique condena estes atos bárbaros de terrorismo e solidariza-se com as vítimas", concluiu.

Leia Também: Moçambique: Apoio alimentar vai ser reduzido a partir de terça-feira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório