Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

'Milagre de Natal': Coruja encontrada em árvore de Natal de Nova Iorque

Árvore que todos consideraram feia e frouxa, trazia um presente especial.

'Milagre de Natal': Coruja encontrada em árvore de Natal de Nova Iorque

Quando, no sábado, Nova Iorque apresentou aos seus habitantes a árvore de Natal deste ano, ninguém imaginava que entre os ramos da árvore estaria uma surpresa que iria marcar o Natal deste ano.

Aliás, o que se seguiu a isso, foi um mar de críticas e de piadas, com muitos a afirmarem que esta era possivelmente a árvore mais frouxa de sempre a ser exibida no Rockefeller Center. Houve até quem dissesse que esta seria "uma metáfora do ano de 2020", de tão triste que parecia.

No início da semana, as opiniões mudaram,  e a culpa é de um pequeno 'intruso'.

A Descoberta

Ellen Kalish trabalha há vários anos com animais selvagens. A sua missão tem sido ajudar no resgate de animais que são encontrados fora do seu habitat natural, mas nunca Ellen foi confrontada com um caso semelhante ao que aconteceu no início desta semana.

Ellen, que trabalha para o Ravensbeard Wildlife Center, em Nova Iorque, recebeu uma chamada a pedir ajuda para resgatar uma coruja. Ellen disponibilizou de imediato a sua ajuda, mas os pormenores do sucedido iriam deixá-la de boca aberta.

O animal em causa estava preso num pinheiro, mesmo no centro da cidade. Esse pinheiro, tratava-se da tão falada árvore de Natal que todos os anos é envergada junto ao Rockefeller Center.

"Trabalho nesta área há 20 anos e nunca me tinha acontecido nada assim", conta Ellen, ao Washington Post.

O animal foi encontrado por um dos trabalhadores contratados para desbravar os ramos da árvore e que viu a pequena ave na base da árvore. O homem ligou de imediato para a sua mulher, dizendo que iria levar a coruja para casa e pediu-lhe que ligasse para uma associação especialista neste tipo de animais.

A especialista encontrou-se com a mulher e ficou impressionada ao ver que a coruja não apresentava qualquer ferimento. 

Ellen acredita que o animal terá estado sempre na árvore desde o local onde esta foi cortada até ao centro de Nova Iorque. Como lá foi parar, é incerto, mas acredita-se que possa ter ficado assustado durante o abate da árvore e tenha ficado paralisado de medo, o que impediu que fugisse.

A coruja, que ganhou o nome de Rockefeller, deverá ser libertada em breve, uma vez que o objetivo será devolvê-la à vida selvagem

"Desejo-lhe uma longa vida - algo que todos desejamos ter. Para mim, isto foi um milagre de Natal. É uma história bastante impressionante", afirma Ellen. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório