Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Itália com mais de 500 mortes há sete dias, mas com ligeiras descidas

Autoridades italianas reportam esta segunda-feira mais 27.354 casos de contágio, a primeira descida abaixo da barreira dos 30 mil casos em sete dias. O número de óbitos também tem mostrado um ligeiro descréscimo, mas continua elevado.

Itália com mais de 500 mortes há sete dias, mas com ligeiras descidas

A Itália reporta esta segunda-feira mais 504 mortes associadas à Covid-19, doença provocada pela infeção por novo coronavírus. O registo é inferior ao da véspera (546), mas mantém-se acima da meia centena há sete dias, sendo que nos dias 11 e 12 subiu acima dos 600 óbitos diários.

As autoridades de Saúde italianas notificam, ainda, mais 27.354 novos casos de infeção, mais uma descida em relação ao dia anterior (33.979), e a primeira vez em sete dias que se situa abaixo dos 30 mil casos. O país contabiliza agora um total de 1.205.881 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro.

O crescimento do número de contágios tem sido associado ao maior número de testes realizados diariamente, algo que é transversal à maior parte dos países. Nas últimas 24 horas foram realizados 152.663 testes de diagnóstico, menos 42.612 do que ontem (195.275).

O número de casos ativos é agora de 717.784, mais 5.294 em relação ao dia anterior, conforme indica o site da Proteção Civil italiana. A grande maioria são doentes que estão nas respetivas casas com sintomas ligeiros da doença ou estão assintomáticos.

É comunicado, ainda, que existem 32.536 pacientes hospitalizados (mais 489 desde ontem), dos quais 3.492 estão nos cuidados intensivos (mais 70 em relação à véspera).

As pessoas dadas como curadas e recuperadas são, neste momento, 442.364, com um aumento de 21.554 em relação à véspera. 

As regiões com os piores números verificados nas últimas 24 horas são a Lombardia (norte), o epicentro da pandemia no território italiano desde o início da crise sanitária, com 4.128 novos casos, seguindo-se a Campânia (sul), com 4.079, e Piemonte (norte), com 3.476.

Recorde que, para conter o vírus, o governo decretou até 3 de dezembro o recolher obrigatório entre as 22h00 e as 5h00, restringiu o horário da restauração e encerrou cinemas, teatros, ginásios ou piscinas. Além disso, impôs um sistema com três níveis de restrições a nível regional - vermelho, laranja e amarelo - para impor as mais severas aos territórios mais afetados e evitar o encerramento total do país, que penalizaria as menos afetadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório