Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Trump diz-se vencedor em quatro estados, sem ainda ter vencido

O presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, autodeclarou-se vencedor nos estados de Pensilvânia, Geórgia, Carolina do Norte e Michigan, mas os votos ainda estão a ser contados sendo quase certo a vitória de Joe Biden no Michigan.

Trump diz-se vencedor em quatro estados, sem ainda ter vencido
Notícias ao Minuto

00:11 - 05/11/20 por Lusa com Notícias ao Minuto

Mundo EUA/Eleições

Foi através da rede social Twitter que Donald Trump fez mais uma declaração de vitória, assumindo-se como vencedor nestes quatro Estados que são chave na decisão de quem será o próximo presidente norte-americano.

O próximo presidente dos EUA será de quem conseguir 270 delegados e, até ao momento, Joe Biden está mais próximo desse objetivo.

O candidato democrata Joe Biden conta neste momento com 264 delegados contra 214 do candidato republicano, segundo a Associated Press.

As redes sociais -- Facebook, Twitter e Instagram -- têm acompanhado de perto as páginas com mais seguidores para tentar controlar as informações falsas, além de terem alertas indicando que ainda não é possível conhecer o vencedor das presidenciais, uma vez que o processo de contagem de votos ainda está a decorrer.

A comissária eleitoral federal, Ellen Weintraub, publicou uma mensagem onde deixa claro que nenhum candidato presidencial se pode autoproclamar vencedor de um estado - uma mensagem que será dirigida a Donald Trump, que reivindicou vitória na Pensilvânia sem ser ainda possível fazê-lo, uma vez que ainda falta contar mais de um milhão de votos. O presidente alegou ainda que venceu os estados da Georgia e da Carolina do Norte, onde tem vantagem mas ainda não estão fechadas as contagens.

"Nunca pensei que precisasse de dizer isto, mas os candidatos não podem 'reivindicar' estados. Não é assim que funciona. Não é assim que nada disto funciona. Funciona assim: os responsáveis eleitorais locais e estaduais contam todos os votos", escreveu.

Estas eleições foram as mais participadas dos últimos anos e o número de eleitores que exerceu o seu direito de voto antecipadamente foi histórico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório