Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Grandes reuniões familiares no Natal podem ser proibidas em Inglaterra

Ministro da Justiça britânico admitiu que é possível que a segunda vaga dure até final de março.

Grandes reuniões familiares no Natal podem ser proibidas em Inglaterra

A época natalícia está a suscitar preocupações quer da parte dos governos, quer das famílias, que não sabem como se viverá essa época num ano ditado pela pandemia de Covid-19. Por isso mesmo, o ministro da Justiça britânico, Robert Buckland, alerta para o facto de as grandes reuniões familiares poderem ser proibidas em Inglaterra.

Buckland referiu, em entrevista ao programa Peston da ITV e citado pela Sky News, que as pessoas devem estar preparadas para a perspetiva "realística" de que o elevado número de casos e mortes vai continuar, e que, por isso, um período festivo normal "não será possível".

O responsável pela pasta da Justiça avisou ainda que a segunda vaga do novo coronavírus "poderá durar por um período considerável... até ao fim de março". 

Contudo, salientou, tal não significa que o Natal não possa ser celebrado. "Mas, talvez, as reuniões que juntam pessoas de diferentes partes do país não serão possíveis", disse.

Polícia invadirá festas de Natal onde não se cumpram regras

O chefe da polícia de West Midlands avisou que os seus agentes estão preparados para entrar nas casas e invadir as festas de Natal onde as regras de segurança contra a Covid-19 não estejam a  ser cumpridas.

David Jamieson refere que a polícia irá investigar todas as queixas que receberem durante a época festiva que se aproxima.

A região de West Midlands está atualmente sob medidas de restrição que impedem que se possa visitar amigos e familiares que vivam numa residência diferente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório