Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Pompeo acusa China de comportamento predatório em visita ao Sri Lanka

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, alertou hoje Colombo contra o comportamento "predatório" da China, durante uma visita ao Sri Lanka, onde Pequim tem investido em grandes projetos de infraestruturas.

Pompeo acusa China de comportamento predatório em visita ao Sri Lanka
Notícias ao Minuto

14:21 - 28/10/20 por Lusa

Mundo EUA

Após uma visita de 12 horas a Colombo, como parte de um périplo por nações do Índico, Pompeo reiterou os seus ataques à China, depois de reunir com o Presidente do Sri Lanka, Gotabaya Rajapaksa, conhecido por ser próximo de Pequim.

"Um Sri Lanka forte e soberano constitui um parceiro estratégico importante para os Estados Unidos no cenário mundial", disse Pompeo aos jornalistas.

Referindo-se à assistência militar e à recente doação de dois navios para a guarda costeira, Pompeo disse que a relação com os Estados Unidos contrasta com o comportamento da China.

"O Partido Comunista Chinês é predatório", acusou.

A Embaixada da China no Sri Lanka respondeu através de uma mensagem difundida na rede social Twitter, com um anúncio do jogo "Aliens vs Predator".

"Desculpe, Sr. Pompeo, estamos ocupados a promover a amizade e cooperação China / Sri Lanka, não estamos interessados no seu convite para jogar", lê-se.

A China emprestou milhares de milhões de dólares ao Sri Lanka, país estrategicamente localizado no Oceano Índico, quando Mahinda Rajapaksa, irmão do atual Presidente e agora primeiro-ministro, era chefe de Estado, entre 2005 e 2015.

Os empréstimos destinaram-se à construção de portos, um aeroporto, rodovias e centrais elétricas.

Em 2017, o Sri Lanka teve de arrendar um porto construído pela China, localizado perto de rotas de navegação estratégicas no Índico, a uma empresa estatal chinesa, por um período de 99 anos, face às dificuldades em reembolsar o empréstimo concedido por Pequim.

O Sri Lanka "pode ser um farol para um Indo-Pacífico livre e aberto", acrescentou Pompeo, referindo-se à estratégia dos EUA para conter as ambições chinesas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Sri Lanka, Dinesh Gunawardena, não mencionou a China, mas garantiu à imprensa que o seu país mantém uma política de não alinhamento.

Antes da chegada de Pompeo, a embaixada chinesa em Colombo alertou os Estados Unidos para não "coagirem e intimidarem" o Sri Lanka.

No início de novembro, o mais alto quadro para a política externa do Partido Comunista Chinês, Yang Jiechi, prometeu maior apoio económico a Colombo.

Pompeo reforçou os comentários críticos à China durante a sua viagem, que começou segunda-feira na Índia e inclui ainda as Maldivas e a Indonésia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório