Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Mãe mata filhas gémeas de 7 anos após batalha judicial pela sua custódia

Mulher suicidou-se em seguida.

Mãe mata filhas gémeas de 7 anos após batalha judicial pela sua custódia

Uma psicóloga do estado de Washington, nos EUA, matou a tiro as suas filhas gémeas, de sete anos, enquanto estas dormiam. Michele Boudreau Deegan virou depois a arma para si e suicidou-se.

O crime aconteceu na sexta-feira, em Sudden Valley, segundo fez saber a polícia, que só encontrou os corpos na manhã do dia seguinte.

Após uma investigação, a polícia descobriu que a mulher, de 55 anos, estaria envolvida numa batalha judicial pela custódia das filhas, podendo ser esse motivo que a levou a ter esta atitude drástica.

Michele, que era psicóloga, alegava que a sua meta era ensinar os seus pacientes a assumirem uma atitude correta para a resolução dos problemas.

No dia do crime, esta terá partilhado uma série de artigos sobre narcisistas na sua página de Facebook, incluindo sobre o tema relacionado com a parentalidade e sobre a forma como pessoas em relações com narcisistas podem ser levadas ao suicídio.

A comunidade local diz-se chocada com o crime, enquanto a polícia continua a investigar para tentar perceber melhor o que estará na origem do mesmo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório