Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Covid-19. EUA acusam Ortega de colocar em "perigo" nicaraguenses

O subsecretário de Estado para os Assuntos do Hemisfério Ocidental norte-americano, Michael Kozak, acusou o Presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, de colocar em "perigo" a saúde dos nicaraguenses pela forma como gere a pandemia de Covid-19.

Covid-19. EUA acusam Ortega de colocar em "perigo" nicaraguenses
Notícias ao Minuto

06:48 - 24/10/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"A falta de transparência de Ortega e contínua ocultação da gravidade de covid põe em perigo a saúde e a prosperidade dos nicaraguenses", sublinhou Kozak, numa mensagem no Twitter enviada pela embaixada norte-americana em Manágua, de onde partilhou um vídeo.

Neste vídeo, o diplomata norte-americano denunciou a "proibição do uso de equipamentos de proteção pessoal entre os trabalhadores de saúde do setor público" na Nicarágua, o "encobrimento de mortes", o "despedimento de médicos pelo facto de se pronunciarem", o "bloqueiro ou censura da informação", como também os "obstáculos para impedir o trabalho de jornalistas independentes".

O povo da Nicarágua "tem direito a responsabilizar os seus líderes através de uma imprensa livre, liberdade de expressão, e eleições livres e justas", acrescentou Kozak.

A Nicarágua regista 155 mortos por Covid.19 e 5.434 casos confirmados, segundo as autoridades.

Enquanto isso, o independente Observatório Cidadão Covid-19, uma rede de médicos e voluntários que monitoriza a pandemia, reporta 2.780 falecimentos por pneumonia e outros sintomas relacionados relacionados com o novo coronavírus, além de 10.733 casos suspeitos.

O Governo de Ortega não especificou o número de exames que realizou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório