Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Quinze detidos na Turquia por suspeita de pertencerem ao Daesh

Quinze pessoas acusadas de pertencerem ao grupo extremista Estado Islâmico (EI) foram detidas na Turquia, de acordo com as autoridades locais, citadas hoje pela agência de notícias estatal turca Anadolu.

Quinze detidos na Turquia por suspeita de pertencerem ao Daesh

Hoje foram presas 14 pessoas em Istambul, enquanto um outro suspeito, que tinha um mandado de prisão emitido pela Interpol, foi preso na cidade de Adana na quarta-feira.

Na operação de Istambul, o Ministério Público emitiu mandado de prisão contra 17 pessoas, cujas identidades não foram divulgadas, embora três dos detidos sejam turcos, segundo a Anadolu.

Na operação foram apreendidos 62.000 dólares (52.900 euros), além de telemóveis, passaportes e documentos digitais.

Uma cidadã de nacionalidade tunisiana, Soumaya Raissi, foi detida na última quarta-feira em Adana, no sul da Turquia, onde residia com passaporte e identidade falsos.

Soumaya Raissi entrou na Turquia vinda da Síria há cinco meses, relatou agência Anadolu.

O seu primeiro marido, também membro do grupo 'jihadista', foi preso na Turquia e deportado em 2016.

Embora o último ataque do EI na Turquia tenha ocorrido na véspera de Ano Novo de 2016, o país parece desempenhar um papel de retaguarda para a organização, para o recrutamento de militantes, arrecadação de fundos e para a transferência de membros europeus ou asiáticos para a Síria.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório