Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Grécia diz que não vai tolerar "provocações da Turquia" no Mediterrâneo

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, disse hoje que não vai tolerar "as provocações da Turquia", referindo-se ao conflito sobre a delimitação de zonas de exploração de hidrocarbonetos no Mediterrâneo.

Grécia diz que não vai tolerar "provocações da Turquia" no Mediterrâneo

"Chegou a hora de a Europa discutir com coragem e sinceridade o tipo de relacionamento que realmente deseja ter com a Turquia", disse Mitsotakis, ao chegar ao Conselho Europeu, que decorre hoje e sexta-feira, em Bruxelas.

"Uma coisa é certa: as provocações da Turquia, seja pelas suas ações unilaterais ou pela sua retórica radical, não podem mais ser toleradas", assegurou o chefe de Governo grego, que tem pedido o envolvimento da União Europeia (UE) na resolução desta disputa no Mediterrâneo oriental.

Mitsotakis disse ainda que a Grécia está empenhada em resolver os diferendos com a Turquia através do diálogo, com base no direito internacional, em espírito de boa vizinhança e sem ações unilaterais, pedindo à Turquia que faça o mesmo.

"Se pelo contrário, a Turquia optar pela tensão, a União Europeia acabará por a sancionar", disse o líder grego.

Grécia e Chipre querem que a UE imponha sanções à Turquia por ter realizado explorações sísmicas em áreas que a Turquia afirma ser uma zona económica exclusiva, mas que se sobrepõem àquelas que os dois países europeus consideram ser de sua jurisdição.

No entanto, o desejo de sanções por parte de Atenas e Nicósia não é partilhado pela maioria dos estados-membros, incluindo a Alemanha, que tem feito esforços diplomáticos para encontrar uma solução negocial.

A chanceler alemã, Angela Merkel disse hoje que "a relação com a Turquia é complexa" e que a UE deve tentar "resolver as tensões (no Mediterrâneo oriental) de forma pacífica", mantendo uma "relação construtiva com Ancara"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório