Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Covid-19: Peru regista 62 mortes num dia no menor número desde maio

O Peru registou na segunda-feira o menor número de mortes diárias, com 62, desde maio, confirmando a tendência de descida no número de vítimas da pandemia de covid-19 no país.

Covid-19: Peru regista 62 mortes num dia no menor número desde maio
Notícias ao Minuto

06:15 - 29/09/20 por Lusa

Mundo Covid-19

O Ministério da Saúde confirmou que nas últimas horas 62 pessoas morreram, metade do registado no sábado, e que o acumulado é de 32.324 mortes.

Desde setembro que o número semanal de mortes de todos os tipos no país caiu, de mais de 5.000 há dois meses, para menos de 4.000, aproximando-se da média de 3.000 verificada antes da pandemia.

Em relação ao número de infeções, o relatório oficial indica que o número subiu para 808.714 infetados, sendo 359 novos casos confirmados no domingo e 3.053 na última semana.

Atualmente, há 8.054 pessoas internadas devido à covid-19, o mesmo número das últimas 24 horas, e 1.354 estão ligadas a ventiladores em unidades de cuidados intensivos, menos 16 que no dia anterior.

Um total de 670.989 pessoas recuperaram da doença, após completar a quarentena ou receber alta médica, e o número de casos ativos com o coronavírus é de 112.747, com menos 3.000 nas últimas horas.

A ministra da Saúde, Pilar Mazzetti, referiu as condições que serão aplicadas no regresso dos voos internacionais a partir de outubro, como exemplo da retoma da economia peruana.

"Esta semana vamos olhar para os cinco países (para os quais será possível voar) para determinar que tipo de testes de saída serão necessários", disse Mazzetti.

A ministra acrescentou que será avaliado a eventual necessidade de testes de entrada e a forma como os passageiros que entram no país serão monitorizados, bem como uma eventual quarentena.

Embora o Governo tenha anunciado que os primeiros destinos internacionais seriam Chile, México, Equador, Colômbia e São Paulo, no Brasil, Mazzetti especificou que "a pandemia está a mover-se, portanto, pode haver um reaparecimento em algum país que obrigue a suspender" o transporte aéreo para aquele local.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório