Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Crias de leões vítimas de negligência em zoos decadentes na Bulgária

Estas crias são só dois leões de vários que vivem em condições deploráveis no país, garante associação.

Crias de leões vítimas de negligência em zoos decadentes na Bulgária

O tratamento dado a duas crias de leões num zoo da Bulgária está a levar a que vários ativistas denunciem a "constante negligência" que estes animais sofrem no país.

Simba e Kossara, dois leões com menos de três meses, são crias de dois irmãos e a mãe acabou por rejeitá-los. De acordo com o The Independent, os dois leões bebés foram transportados para outro "incapacitado" zoo que os mantém, atualmente, presos num espaço pequeno com chão de cimento. 

A denuncia é feita pela associação de defesa dos animais 'Four Paws' ('Quatro Patas') que garante que a consanguinidade entre leões - que não é recomendada devido a problemas como o abandono das crias pelas progenitoras - e más condições são dois factores recorrentes em jardins zoológicos na Bulgária, que operaram no limite das capacidades mínimas impostas pela União Europeia. 

Estima-se que haja no país cerca de 24 leões e 15 tigres em cativeiro. 

Ainda segundo a associação, os zoos estatais da Bulgária foram criados na altura da União Soviética e encontram-se "sem fundos e em total decadência". O Governo está inclusivamente acusado de aprovar autorizações para estes espaços sem confirmar as medidas impostas pela União Europeia. 

Sobre as duas crias, a 'Four Paws' ainda revelou ao órgão de comunicação britânico que se ofereceu para dar uma nova casa para os dois leões bebés, num santuário para animais selvagens na Holanda. Contudo, a proposta foi ignorada até hoje.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório