Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 19º

Edição

Covid: "Fui o primeiro a dizer que era treta, agora não sei se me safo"

Chris Grailey contraiu o vírus numas férias em Tenerife, mas achava que era "invencível".

Covid: "Fui o primeiro a dizer que era treta, agora não sei se me safo"

Tornou-se numa história muito comum ao longo desta pandemia: alguém que menospreza ou mesmo nega a existência de um vírus acaba no hospital a lamentar o seu comportamento. Chris Grailey é um desses exemplos, sendo que o seu caso é grave, fazendo agora um sombrio aviso a partir do hospital.

O britânico ficou gravemente doente por causa do novo coronavírus depois de admitir ter sido "um dos primeiros a dizer que [o coronavírus] era tudo treta".

Grailey, um gerente de vendas de Ancoats, em Manchester, está agora confinado a uma cama de hospital, respirando com a ajuda de uma máscara de oxigénio. Embora não tenha comorbilidades, diz estar numa situação muito frágil: "Não sei se me safo".

Por esse motivo, Grailey enviou uma mensagem de vídeo ao Manchester Evening News onde explica o seu caso, numa tentativa de avisar e sensibilizar os mais jovens. "Apanhei o vírus em Tenerife, a pensar que era invencível, sem usar máscara", disse.

Grailey ficou infetado durante um período de férias nas Ilhas Canárias, em Espanha, e disse que sentiu sintomas como perda de paladar e de olfato, mas a situação só piorou quando regressou. Agora está a ser tratado para Covid-19 e uma pneumonia grave.

"Paguei o preço. Não tenho outras doenças. Não quero que cometam os mesmos erros do que eu", acrescentou, explicando que agora está nos cuidados intensivos. "Estou à espera de receber mais tratamento e não sei se me safo. Quero muito que ouçam esta mensagem, porque pode acontecer a qualquer um", disse.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório