Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Áustria corrige Trump e diz que os seus cidadãos "não vivem em florestas"

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos EUA, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta".

Áustria corrige Trump e diz que os seus cidadãos "não vivem em florestas"

Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu como modelos exemplares de boa gestão florestal, com os quais os estados norte-americanos, como a Califórnia, a braços com violentos incêndios, deviam aprender.

"Podemos olhar para países, como a Áustria e outros. Eles vivem na floresta, são consideradas cidades da floresta. (...) E não têm incêndios como este. E eles têm árvores muito mais explosivas", disse Trump, durante uma declaração à estação televisiva Fox, na terça-feira.

A ministra da Agricultura da Áustria, Elisabeth Koestinger, decidiu responder a Trump, num artigo publicado hoje no jornal britânico The Independent.

"Houve comentários sérios e humorísticos, nas redes sociais, sobre as 'árvores a explodir'. (Trump) referiu, também, que vivemos em 'cidades da floresta', que nunca se incendeiam", escreveu Koestinger.

"Como austríacos, felizmente abençoados com um saudável sentido de humor, não ligamos muito a esses 'clichés'. Contudo, a gravidade dos eventos atuais torna as palavras de Trump mais preocupantes - afinal, neste momento, milhares de pessoas lutam contra os incêndios florestais, vivendo situações de vida ou de morte", explicou Koestinger.

"Na realidade, a Áustria é um país situado no coração da Europa, onde as pessoas não vivem na floresta, mas sim com a floresta e numa relação próxima e sustentável com o ambiente natural", escreveu a ministra no artigo hoje divulgado.

"Para que fique claro: Não, não temos nenhuma árvore a explodir na Áustria", enfatizou Koestinger, embora tenha confirmado a afirmação de Trump de que os austríacos "encontram uma maneira de dar às suas árvores o espaço de que precisam".

"Isso não nos torna 'povos da floresta', mas mostra como é importante compreender o nosso meio ambiente e os nossos recursos naturais", concluiu a ministra austríaca.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório