Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Detidos 66 soldados turcos acusados de ligação ao Fethullah Gullen

A polícia turca lançou hoje uma operação para deter 66 soldados, 48 deles no ativo, acusados de ligações ao religioso Fethullah Gülen, acusado pelo Governo de organizar a tentativa de golpe de Estado em julho de 2016.

Detidos 66 soldados turcos acusados de ligação ao Fethullah Gullen
Notícias ao Minuto

09:30 - 15/09/20 por Lusa

Mundo Turquia

O Ministério Público da cidade de Izmir ordenou a prisão dos soldados, enquanto o Ministério Público turco emitiu um mandado de prisão pelos mesmos motivos contra 12 professores, segundo a agência estatal Anadolu.

Segundo a fonte, pelo menos 53 militares já foram presos.

Desde a tentativa do golpe de Estado contra o Governo de Recep Tayyip Erdogan, mais de 120.000 funcionários públicos, como professores, médicos, juízes, polícias e governadores, foram demitidos e cerca de 50.000 estão presos, acusados de fazerem parte da irmandade de Gülen.

Gülen, que viveu duas décadas nos Estados Unidos, foi um aliado próximo de Erdogan e do seu partido AKP até 2013, época em que muitos dos seguidores da irmandade ocupavam cargos de responsabilidade na administração do Estado.

O religioso nega estar envolvido na tentativa de golpe militar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório