Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Despida, francesa gravou vídeo em ponte sagrada na Índia e foi detida

A mulher alegou que pretendia promover o seu negócio de joalharia.

Despida, francesa gravou vídeo em ponte sagrada na Índia e foi detida

Uma mulher francesa foi detida na Índia por gravar um vídeo de si própria, nua, numa ponte sagrada na cidade de Rishikesh.

O vídeo, captado na ponte Lakshman Jhula, foi publicado nas redes sociais, o que levou as autoridades indianas a acusaram a francesa, que poderá ter de cumprir três anos de prisão, indica a agência AFP.

A ponte Lakshman Jhula, sobre o rio Ganges, é considerada um local sagrado e atrai, anualmente, milhares de turistas.

Às autoridades, a mulher, que foi libertada mediante o pagamento de uma fiança, alegou que gravou o vídeo para promover o seu negócio de joalharia.

RK Saklani, o responsável pelo departamento de polícia local, indicou à agência noticiosa que "talvez em França esse tipo de ato não seja censurável, mas Rishikesh é um local sagrado e Lakshman Jhula é o local onde Ram [um guru], o seu irmão Lakshman e a mulher Sita atravessaram o Ganges".

A mulher foi detida na passada quinta-feira, depois de as autoridades terem sido alertadas para o vídeo que circulava na Internet.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório