Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 25º

Edição

Presidente de agência da Irlanda demite-se após passar férias em Itália

O presidente da agência de promoção do turismo na Irlanda demitiu-se, após saber-se que passou férias em Itália, apesar do apelo do Governo para que os irlandeses privilegiassem as viagens no país, devido à pandemia de covid-19.

Presidente de agência da Irlanda demite-se após passar férias em Itália
Notícias ao Minuto

19:15 - 15/08/20 por Lusa

Mundo Turismo

Num comunicado, a ministra do Turismo irlandês, Catherine Martin, anunciou que aceitou a demissão apresentada hoje por Michael Cawley, presidente da agência Failte Ireland, realçando que estava "dececionada" e que considerava a situação "insustentável".

O jornal The Independent noticiou que o antigo executivo da Ryanair tinha passado as férias em Itália.

"Em solidariedade com o setor e para ajudar o país a reabrir escolas com segurança, o Governo e meu ministério, em particular, encorajaram as pessoas a passarem as férias na Irlanda este ano", lembrou a ministro.

"Embora Itália esteja na lista verde, o que significa que as pessoas que retomaram as suas atividades não precisam limitar os seus movimentos, o Governo pediu à população que evite todas as viagens não essenciais. Muitos cidadãos e residentes seguiram esta instrução", prosseguiu a ministra.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 760 mil mortos e infetou mais de 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A Irlanda contabiliza um total de 1.774 mortes e 26.995 infetados, enquanto Portugal apresenta 1.775 mortos associados à covid-19 em 53.981 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os Estados Unidos, por sua vez, são o país com mais mortos (168.446) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de 5,3 milhões, sendo que no caso

Seguem-se Brasil (106.523 mortos, mais de 3,2 milhões de casos), México (55.908, mais de 511 mil infetados), Índia (49.036, mais de 2,5 milhões infetados) e Reino Unido (41.361 mortos, mais de 317 mil casos).

A Rússia, com 15.585 mortos, é o quarto país do mundo em número de infetados, depois de EUA, Brasil e Índia, com mais de 915 mil casos, seguindo-se a África do Sul, com mais de 579 mil casos e 11.556 mortos.

Quanto à Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (41.358 mortos, mais de 316 mil casos), seguindo-se Itália (35.392 mortos, mais de 253 mil casos), França (30.410 mortos, mais de 331 mil casos) e Espanha (28.617 mortos, mais de 342 mil casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório