Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Macron e Merkel discutem Covid-19, Líbano e Bielorrússia no dia 20

O Presidente francês e a chanceler alemã vão reunir-se no dia 20 de agosto, na residência de verão francesa de Fort Brégançon, para falarem sobre temas internacionais como a covid-19, o Líbano e a Bielorrússia, anunciou hoje a presidência francesa.

Macron e Merkel discutem Covid-19, Líbano e Bielorrússia no dia 20

Os dois líderes terão uma reunião de trabalho a que se seguirá uma conferência de imprensa, marcada para as 16:30 GMT (17:30 em Lisboa), acrescentou a chancelaria de Berlim.

O encontro visa discutir, em particular, os "prazos europeus para o início do ano letivo, a coordenação europeia para combate à covid-19, o quadro financeiro plurianual na sequência do acordo de 21 de julho de 2020, o Brexit, o clima, o comércio e a conferência sobre o futuro da Europa", referiu o Eliseu.

Segundo a mesma fonte, serão discutidos outros temas, como a situação no Líbano, na Bielorrússia e no Mediterrâneo Oriental, palco de um aumento das tensões entre a Grécia e a Turquia, além das relações entre a União Europeia e parceiros como a China ou a África.

"Este encontro é de natureza excecional, já que é a primeira vez que a chanceler é convidada para Fort Brégançon por um Presidente da República francesa", explicou a presidência francesa.

O último chanceler alemão a ser convidado para a residência de verão do Presidente de França foi Helmut Kohl, que foi recebido por François Mitterrand, em 1985.

A última vez que Emmanuel Macron e Angela Merkel se reuniram foi em 21 de julho, quando concluíram uma cimeira europeia dos 27 com um acordo descrito como "histórico" sobre um plano de relançamento económico pós-covid-19, baseado, pela primeira vez, na existência de uma dívida comum.

O plano de 750 mil milhões de euros foi aprovado no quinto dia de intensas negociações, conduzidas pela chanceler, cujo país atualmente preside a UE, e o Presidente francês.

A visita de Angela Merkel a Fort Brégançon segue-se às do Presidente russo, Vladimir Putin, em agosto de 2019, e da primeira-ministra britânica, Theresa May, no ano anterior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório