Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Bielorrússia. De branco, mulheres marcham contra violência policial

Protestos na Bielorrússia decorrem há quatro dias. Autoridades indicam que já foram detidas mais de seis mil pessoas.

Os protestos na Bielorrúsia contra os resultados das eleições presidenciais continuam e, de acordo com as autoridades, reporta o Financial Times, já foram detidas mais de seis mil pessoas. 

Neste quarto dia de protestos, mulheres vestidas de branco formaram um cordão humano do lado de fora de um mercado de alimentos na capital do país, Minsk. 

Percorra a galeria e veja as imagens captadas pela lente da Reuters.

As manifestações, que eram inicialmente pacíficas, mudaram de tom depois de a polícia ter usado cassetetes, gás lacrimogéneo e balas de borracha contra os manifestantes.

De acordo com as autoridades, mais de 250 pessoas ficaram feridas desde domingo. No entanto, ativistas presentes no local afirmaram que o número de feridos será superior, reporta o mesmo meio de comunicação.

As eleições presidenciais de domingo, que desencadearam uma vaga de protestos contra o governo, são consideradas fraudulentas.

A principal opositora ao regime ditatorial de Lukashenko pediu a impugnação dos resultados eleitorais e refugiou-se esta terça-feira na Lituânia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório