Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2020
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

EUA. Procurador deixa cair acusações de delitos menores a manifestantes

O recém-eleito procurador distrital em Portland disse na terça-feira que não vai acusar quem tenha sido detido desde o final de maio por delitos menores não violentos durante os protestos na maior cidade do Eestado do Oregon.

EUA. Procurador deixa cair acusações de delitos menores a manifestantes
Notícias ao Minuto

06:31 - 12/08/20 por Lusa

Mundo EUA

A nova política reconhece o ultraje e a frustração com uma história de injustiça racial, que conduziu a mais de 70 noites de protestos sustentados, por vezes violentos, em Portland, bem como a realidade da situação dos tribunais, com atrasos superiores a dois meses no despacho de casos, por causa da pandemia, disse o procurador distrital do condado de Multnomah, Mike Schmidt.

Em termos práticos, isto significa que várias centenas de pessoas que foram detidas nos últimos meses não vão ser acusadas de crimes, segundo as estatísticas do gabinete de Schmidt.

Esta política vai abranger situações similares futuras.

"Os manifestantes estão zangados (...) e profundamente frustrados com o que consideram ser desigualdades estruturais no nosso tecido social básico. E esta frustração pode escalar para níveis que violam a lei", afirmou Schmidt.

"Esta política reconhece que séculos de tratamento diferenciado das nossas comunidades negra e mestiça deixaram feridas profundas e que o processo de cicatrização não vai ser fácil nem rápido", acrescentou.

Os protestos em Portland dominaram o ciclo noticioso durante mais de 70 dias, desde a morte de George Floyd, um homem negro que morreu depois de um agente branco da polícia de Minneapolis ter mantido um joelho a pressionar o seu pescoço durante cerca de oito minutos.

Ao anunciar a nova política, Schmidt adiantou que tinham sido comunicados ao seu gabinete cerca de 550 casos relacionados com os protestos, desde 29 de maio, mas que apenas 133 se referiam a crimes. Mais de 350 eram relativos a delitos menores ou ilegalidades sem ofensas corporais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório