Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Polícia 'prende' menino de ensino especial para lhe dar uma lição

Imagens de 2008 estão a chocar os que consideram que esta não é a forma correta de ensinar uma criança o que é o bem e o mal.

Uma criança de oito anos, que terá batido no peito da sua professora, foi castigada com o auxilio da polícia.

O menino, que frequenta o ensino especial, e cuja identidade não é revelada, foi avisado que seria detido por um crime de agressão. Segundo conta o Mirror, este terá ficado aborrecido com uma professora que o mandou, repetidamente, sentar-se na cafetaria da escola, acabando por empurrá-la.

Dois agentes da polícia local foram chamados à escola, onde afirmaram que aquilo que a criança fez não era correto, motivo pelo qual lhe pediram para se levantar, para ser algemada e levada até à esquadra da polícia.

Em lágrimas, a criança cumpriu todas as ordens, num momento que ficou registado em vídeo.

O incidente aconteceu em 2008 mas foi partilhado esta segunda-feira nas redes sociais do advogado Ben Crump, que representa as famílias de George Floyd, Breonna Taylor e Ahmaud Arbery, entre outros, no âmbito de uma luta que pretende acabar com a violência policial nos EUA.

Segundo Crump, esta detenção é o exemplo das "táticas de medo" usadas para com os mais jovens - que são colocados temporariamente na prisão - para evitar que sigam uma vida ligada ao crime.  

Confrontado com as imagens, o chefe da polícia de Key West, Sean T. Brandenburg, refere que os seus agentes não cometeram nenhum erro durante a sua atuação e que este "é um procedimento standard" das forças de segurança. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório