Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Irmãos Rajapaksa em vantagem nas eleições no Sri Lanka

Os resultados preliminares das eleições legislativas de quarta-feira no Sri Lanka dão hoje uma larga vantagem dos irmãos Rajapaksa, que dominam o executivo e ambicionam prosseguir o mandato.

Irmãos Rajapaksa em vantagem nas eleições no Sri Lanka
Notícias ao Minuto

14:52 - 06/08/20 por Lusa

Mundo Rajapaksa

Segundo os dados oficiais, e contados que estão apenas 10% dos votos, o Partido Podujana do Sri Lanka (SLPP, na sigla inglesa), do primeiro-ministro Mahinda Rajapaksa, irmão do Presidente cingalês, Gotabaya Rajapaksa e "homem forte" da ilha no sul da Ásia entre 2005 e 2015, recolheu cerca de 70% dos votos.

Os partidos da oposição estão largamente atrás, sublinha a agência noticiosa France-Presse (AFP).

Mais de 70% dos cerca de 16 milhões de eleitores participaram nas legislativas de quarta-feira, realizadas quatro meses depois da data inicialmente prevista, devido à propagação da pandemia do novo coronavírus (oficialmente estão contabilizados 2.839 casos da doença covid-19, mais seis nas últimas 24 horas, e 11 óbitos, os mesmos da véspera).

Os resultados definitivos da votação devem ser conhecidos ainda hoje à noite.

O "clã" Rajapaksa disse que espera conquistar uma maioria de dois terços para os 225 assentos parlamentares, de forma a poder alterar a Constituição com o objetivo de aumentar o seu poder.

Entre as modificações que pretendem fazer está a decisão, tomada pela anterior governação, de descentralizar o poder e limitar a dois o número de mandatos presidenciais, que visava evitar a emergência de um novo "homem forte"

Gotabaya, 71 anos, e Mahinda, 74, pretendem pôr fim à limitação dos mandatos presidenciais, ter sob controlo direto o aparelho judiciário e policial e estender o seu poder dinástico a uma nova geração familiar, refere a AFP, lembrando que essas são as "bestas negras" dos defensores dos direitos humanos.

Projeções oficiosas estimam que o partido dos irmãos Rajapaksa deverão conquistar entre 130 a 135 dos 225 lugares no Parlamento.

"Estamos confiantes de que vamos conseguir os dois terços, mas, se não o conseguirmos nas urnas, existem meios de fazer passar no Parlamento" a reforma da Constituição, afirmou Mahinda no dia da votação.

Os irmãos Rajapaksa gozam de grande popularidade entre a maioria étnica cingalesa por, em 2009, terem posto fim a quatro décadas de guerra civil com a minoria Tâmil, conflito que provocou cerca de 100.000 mortes, e defendem que um regresso à concentração de poderes no país é "necessária para desenvolver" o Sri Lanka.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório