Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 9º MÁX 15º

Edição

"O medo não enche a barriga". Na Índia, o vírus não pára quem pouco tem

À lixeira de Nova Déli chegam todos os dias toneladas de resíduos médicos que representam perigo para quem lá trabalha.

Nos últimos meses, e como consequência da pandemia do novo coronavírus, foram chegando grandes quantidades de resíduos biomédicos a Nova Déli, na Índia. Os especialistas alertam que este tipo de resíduos são perigosos para quem ali trabalha.

A lixeira  está repleta de kits de teste de coronavírus usados, equipamentos de proteção e algodão manchados de sangue e pus. Ali chegam, diariamente, centenas de toneladas de resíduos  vindos  de toda a capital indiana, incluindo pequenos hospitais e casas de repouso. 

Na galeria acima, eis as imagens captadas pela Reuters da lixeira, onde muitos arriscam a vida todos os dias. E não têm medo de contrair a Covid-19? "O medo não nos enche a barriga". 

A Índia registou 775 mortes nas últimas 24 horas e, pela primeira vez, mais de 50 mil pessoas infetadas com o coronavírus num só dia, anunciaram esta quinta-feira as autoridades de saúde.

O aumento recorde de 52.123 casos elevou o total nacional para 1.583.792. O Ministério da Saúde indicou também que o número total de mortes subiu para 34.968.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório