Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Libertada mulher de ex-Presidente das Honduras condenada a prisão

Um tribunal hondurenho ordenou na quinta-feira a libertação da mulher do ex-Presidente Porfirio Lobo (2010-2014), Rosa Elena Bonill, presa em 2018 e condenada em 2019 a 58 anos de prisão por corrupção, foi hoje anunciado.

Libertada mulher de ex-Presidente das Honduras condenada a prisão

O tribunal revogou também a prisão preventiva de Saúl Escobar, secretário particular de Bonilla quando esta foi primeira dama daquele país.

Bonilla e Escobar, de acordo com a decisão, deverão no entanto apresentar um relatório mensal e estão proibidos de deixar o país.

Bonilla foi condenada em setembro de 2019 a 58 anos de prisão por fraude e apropriação indevida, enquanto Escobar foi condenado a 48 anos por fraude, num caso em que, pela primeira vez nas Honduras, uma ex-primeira dama foi detida algemada.

Em 13 de março deste ano, o Supremo Tribunal das Honduras ordenou a repetição do julgamento da antiga primeira dama, em resposta a dois recursos apresentados pela defesa.

O advogado de Bonilla, Juan Carlos Berganza, disse aos jornalistas que a decisão de libertar a mulher do ex-Presidente baseou-se no direito processual penal, revogando "a medida de prisão preventiva" e substituindo-a por medidas menos gravosas, enquanto aguarda novo julgamento.

O Ministério Público ainda pode recorrer da decisão judicial, segundo o advogado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório