Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Pandemia já infetou mais de 15 milhões de pessoas em todo o mundo

A pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus infetou mais de 15 milhões de pessoas e provocou a morte a mais de 615 mil, de acordo com o último balanço feito pela agência France-Presse (AFP), às 16:00 TMG de hoje.

Pandemia já infetou mais de 15 milhões de pessoas em todo o mundo
Notícias ao Minuto

19:30 - 22/07/20 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com a AFP, há pelo menos 15.007.291 contágios registados desde o início da pandemia e 617.603 óbitos declarados.

Pelo menos 8.351.373 pessoas são consideradas curadas.

Os Estados Unidos da América (EUA) são o país mais afetado pela covid-19, com 3.915.780 casos confirmados -- 460.000 dos quais em apenas uma semana - e 142.312 mortes registadas, dá conta a informação disponibilizada pelo Centro de Prevenção e Controlo de Doenças (CDC, na sigla inglesa).

Além dos Estados Unidos, vários países estão a registar um novo aumento no número de pessoas infetadas nos últimos dias, como, por exemplo, a Austrália, que declarou 502 novos casos, ou a região administrativa especial chinesa de Hong Kong, que registou mais 113 casos.

A região da América Latina e das Caraíbas é a segunda mais afetada no globo, com 3.956.997 casos e 167.377 mortes.

Em África foram registadas 753.124 infeções desde o início da pandemia (e 15.765 mortes) e no Médio Oriente foram identificados 1.044.925 casos (23.929 óbitos).

A Europa registou até hoje 2.993.801 casos de infeção (e 206.430 mortes) e a Oceânia 14.523 contágios (e 157 mortes).

A AFP dá conta de que, em menos de cinco dias houve mais um milhão de novos casos em todo o mundo.

A agência de notícias francesa sublinha de que o número de infeções registadas reflete apenas uma parcela do número real de casos, uma vez que muitos países não têm recursos suficientes para rastrear o SARS-CoV-2 em larga escala.

Em Portugal, morreram 1.702 pessoas das 49.150 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório