Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Inundações na China matam duas pessoas e atrasam exames

Inundações e chuvas fortes mataram pelo menos duas pessoas no sul da China e interromperam o primeiro dia dos exames de admissão ao ensino superior, que já se realizam com um mês de atraso devido à pandemia de covid-19.

Inundações na China matam duas pessoas e atrasam exames
Notícias ao Minuto

11:10 - 07/07/20 por Lusa

Mundo Chuva

O exame de chinês no condado de She, na província de Anhui, foi cancelado depois de apenas 500, entre 2.000 estudantes, terem conseguido chegar ao local, segundo as autoridades da cidade de Huangshan.

Mais de 10 milhões de estudantes deveriam ter começado hoje a fazer os exames em todo o país, no maior evento coletivo na China desde que medidas de distanciamento social foram adotadas, em janeiro passado, devido à pandemia de covid-19.

Anhui e a província vizinha de Hubei, epicentro da pandemia na China, foram as mais atingidas pelas chuvas.

Quase 30.000 pessoas foram retiradas na cidade de Huanggang, em Hubei, depois de a água começar a vazar de um reservatório, informou a imprensa oficial.

O reservatório foi reforçado e um canal foi cavado para escoar a água.

Duas pessoas morreram em Hubei e quase um milhão foram afetadas pelas enchentes.

A província de Anhui elevou o nível de emergência para o segundo mais alto, classificando a situação como grave, pois a água subiu acima dos níveis de alerta em 19 rios, cinco lagos e mais de 400 reservatórios.

Mais de 120 pessoas morreram ou estão desaparecidas devido às inundações sazonais que atingem o sul da China todos os anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório