Meteorologia

  • 04 AGOSTO 2020
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Menino escreve carta emotiva: "Proíbam-me de jogar. É o melhor para mim"

"No meu coração, sei que mereço que me proíbam os videojogos, mas o meu cérebro diz que necessito de jogar", desabafou Arnau, de 8 anos.

Menino escreve carta emotiva: "Proíbam-me de jogar. É o melhor para mim"

Arnau, um menino espanhol de oito anos, escreveu uma carta aos pais para que o impedissem de jogar videojogos. Durante o confinamento, a criança - como todas as outras - teve de mudar os seus hábitos e pensa ter exagerado nas horas que passou 'em frente' ao Fortnite

"Sinto falta daquele tempo em que ia às aulas para ter tempo para tudo. Quando era eu mesmo e não o que sou agora, que passo todo o dia a jogar", começa por desabafar o menino na missiva escrita pelo próprio à mão.

A criança prossegue: "No meu coração, sei que mereço que me proíbam os videojogos, mas o meu cérebro diz que necessito de jogar". 

A carta termina com um pedido aos pais para que 'tomem conta desta situação'. "Mãe ou pai, se estão a ler, proíbam-me de jogar videojogos. É o melhor para mim". 

Esta foi partilhada no Twitter pela mãe de Arnau no passado dia 30 de junho. A mulher explica que "talvez não devesse tornar a mensagem pública por respeito ao filho", mas que pensa que esta "pode servir para muitos outros". 

"O meu filho, excelente estudante, excelente desportista, tem oito anos e hoje escreveu-me isto. É tão maduro e tão doloroso ler isto", desabafou Victoria. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório