Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Apanhou Covid-19, sobreviveu e ainda hoje está "aterrorizado"

Ahmad Ayyad não esquece a gravidade da doença que levou a que estivesse em coma induzido durante 25 dias.

Apanhou Covid-19, sobreviveu e ainda hoje está "aterrorizado"

Com 25 anos e sem problemas de saúde adicionais, Ahmad Ayyad, que vive nos Estados Unidos, foi atirado para uma cama de hospital devido ao novo coronavírus. Para lhe salvar a vida, os médicos colocaram-no em coma durante 25 dias. Quando acordou, recorda, sentia-se a delirar. "Não sabia onde estava, o motivo pelo qual estava entubado ou quanto tempo tinha passado desde que tinha alimentado o meu cão".

Quando olhou para si, não parecia o mesmo. Outrora com quase 100 quilos e músculos definidos, confessa ter-se sentido "em pânico". "Acordei e olhei para os meus braços, pernas e os meus músculos tinham desaparecido", acrescenta.

Passados pouco mais de dois meses desse esse traumático período, Ayyad ainda se encontra a recuperar. Falta de ar e danos nos pulmões e no coração são ainda algumas das sequelas com que tem de lidar.

No entanto, o jovem faz questão de deixar uma mensagem a quem se recusa usar máscara ou desvaloriza as medidas de prevenção aconselhadas. "Preocupa-me ver tantas pessoas encararem isto com leveza. Eu apanhei [Covid-19], sobrevivi e ainda estou aterrorizado", admite.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório