Meteorologia

  • 16 JULHO 2020
Tempo
37º
MIN 25º MÁX 39º

Edição

Síria: Guterres apela a reforço de doadores devido a guerra e pandemia

O secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou hoje aos países doadores que reforcem a ajuda à Síria, país onde a devastação de quase uma década de guerra civil piorou com a pandemia da covid-19.

Síria: Guterres apela a reforço de doadores devido a guerra e pandemia
Notícias ao Minuto

14:29 - 30/06/20 por Lusa

Mundo Síria

"Este ano, peço que não se limitem a renovar mas que reforcem o apoio aos sírios", disse Guterres, intervindo numa quarta conferência sobre o apoio ao futuro da Síria e da região, que decorreu através da Internet.

Também o secretário-geral da Organização Internacional para as Migrações, António Vitorino, apelou ao "reforço do financiamento que permite que as organizações humanitárias continuam a prestar assistência" no país.

Após quase uma década de guerra civil, há na Síria 12 milhões de deslocados, seis milhões internamente e outros tantos refugiados foram do país, e a situação humanitária, nomeadamente a fome e a má nutrição, degradou-se com a pandemia da covid-19.

"Os alimentos duplicaram de preço", salientou Guterres.

Por seu lado, Vitorino pediu às partes em conflito para que permitam a distribuição da ajuda às populações.

As instituições da União Europeia (UE) comprometeram-se hoje a apoiar com 2,3 mil milhões de euros os deslocados e refugiados sírios.

A ONU, que coorganiza com a UE a conferência de doadores, estima que seja precisa uma verba de 10 mil milhões de dólares (8,9 mil milhões de euros) para a ajuda humanitária aos sírios.

Em 2019, foram reunidos sete mil milhões de dólares (6,2 mil milhões de euros).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório