Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Novas penas de prisão de condenações para ativistas do Hiralk argelino

Cinco pessoas foram hoje condenadas a penas entre seis meses e um ano de prisão efetiva por terem participado numa manifestação proibida em Tizi Ouzu, nordeste da Argélia, indicou uma associação de apoio aos detidos de opinião.

Novas penas de prisão de condenações para ativistas do Hiralk argelino
Notícias ao Minuto

21:35 - 23/06/20 por Lusa

Mundo Argélia

No total, 14 ativistas compareceram no banco dos réus após serem detidos na sexta-feira em Tizi Ouzu após um desfile do Hirak (imagem de arquivo), o movimento popular antirregime.

O Comité Nacional para a Libertação dos Detidos (CNLD) indicou que um ativista vai cumprir um ano de prisão, a pena mais pesada, com encarceramento imediato, por porte de arma branca.

Outros quatro indicados foram condenados a penas de prisão efetiva, e os restantes nove foram libertados.

O procurador, que entre outras acusações se referiu a "rebelião não armada", tinha pedido cinco anos de prisão efetiva para os 14 manifestantes.

Vídeos nas redes sociais divulgaram manifestações de apoio aos acusados, o mais novo com 19 anos, e que decorreram hoje nas proximidades do tribunal de Tizi Ouzou.

Desde o início da pandemia de covid-19 na Argélia que prossegue e se intensifica uma vaga de repressão sobre os militantes do 'Hirak', opositores políticos, jornalistas ou simples 'bloggers'.

Perto de 500 manifestantes pró-Hirak foram detidos na sexta-feira em todo o país, apesar da proibição de todos os ajuntamentos devido à crise sanitária. A maioria foi posteriormente libertada.

Segundo os ativistas, as crescentes medidas judiciais destinam-se a impedir o recomeço da rebelião popular que implicou a demissão do ex-Presidente Abdelaziz Bouteflika em abril de 2019 após 20 anos no poder.

O Hirak, um amplo movimento de massas iniciado em fevereiro de 2019 exige uma alteração do "sistema" em vigor desde a independência em 1962 e com forte predomínio da hierarquia militar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório