Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

Não é preciso ser racista para contribuir para o racismo sistémico

Quem beneficia de um estatuto privilegiado?

Porque e como devemos refletir sobre o nosso privilégio -

Os eventos dos últimos meses trouxeram à tona questões que foram infelizmente negligenciadas antes. Aqueles que não são diretamente afetados pela marginalização e discriminação perguntam-se agora se fazem parte do problema. A dura verdade é que não precisamos de ser racistas para contribuirmos para o racismo sistémico. Milhões de pessoas em todo o mundo apoiam, sem saber, um sistema que prejudica outras pessoas, pelo simples facto de beneficiarem do seu estatuto sem se questionarem. Clique na galeria a seguir para saber mais sobre privilégios e como eles afetam o mundo.

Os eventos dos últimos meses trouxeram à tona questões que foram negligenciadas antes. Aqueles que não são diretamente afetados pela marginalização e discriminação perguntam-se agora se fazem parte do problema.

A dura verdade é que não precisamos de ser racistas para contribuirmos para o racismo sistémico. Milhões de pessoas em todo o mundo apoiam, sem saber, um sistema que prejudica outras pessoas, pelo simples facto de beneficiarem do um estatuto sem o questionarem.

Clique na galeria a seguir para saber mais sobre privilégios e como eles afetam o mundo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório