Meteorologia

  • 10 JULHO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Cidade russa com 180 mil habitantes sob medidas de quarentena

Uma cidade russa no Ártico com 180 mil habitante foi colocada hoje em quarentena, por um período indeterminado, devido ao aumento do número de casos de infeção pelo novo coranavírus, disseram as autoridades locais. 

Cidade russa com 180 mil habitantes sob medidas de quarentena
Notícias ao Minuto

13:42 - 05/06/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Desde a meia-noite (21:00 de quinta-feira em Lisboa) as entradas e saídas de Severodvinsk estão controladas e são apenas autorizadas aos cidadãos que precisam de cuidados médicos, de efetuar viagens oficiais ou aos trabalhadores portadores de um salvo-conduto. 

As autoridades recomendaram igualmente a todas as grandes empresas locais para suspenderem os transportes coletivos que fazem o trajeto entre a cidade e os arredores. 

Severodvinsk, na região de Arkhangelsk (noroeste), é um importante centro militar e industrial russo, com vários estaleiros navais que empregam uma grande parte da população.

A maior parte dos submarinos da Armada russa são construídos nos estaleiros de Severodvinsk.

Numa página oficial na Internet, as autoridades administrativas locais publicaram o decreto com as medidas de segurança sanitária.

O decreto é assinado pelo Governador interino da região, Alexandre Tsybolski.  

"Estas medidas são necessárias e eu conto com a vossa compreensão", referiu o responsável numa mensagem vídeo publicada nas redes sociais pelo presidente da câmara municipal, Igor Skoubenko

"Esta não é uma decisão fácil de tomar, mas é necessária. É preciso esperar uma semana ou dez dias para verificar a taxa de infeções", disse Alexandre Tsybolski a uma estação de televisão local.

O número total de pessoas contaminadas na cidade é 1.195, segundo a agência sanitária regional.

De acordo com o organismo, foram registados 57 novos casos na quinta-feira, 30 dos quais trabalhadores dos estaleiros navais. 

Em toda a região de Arkhangelsk foram identificados 2.712 casos de covid-19.

Na quinta-feira, o presidente russo Vladimir Putin anunciou o envio de tropas para ajudar as populações afetadas pela pandemia em territórios da região de Transbaikalia, no Extremo Oriente russo, onde se verifica um aumento do número de contágios.

Nesta vasta região, habitada por um milhão de pessoas, foram registados 1.321 novos casos.

Hoje, em toda a Rússia foram identificados 8.726 novos casos sendo 449.834 o número total de contágios.

No total morreram até ao momento 5.528 pessoas na Rússia, vítimas da pandemia.    

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 387 mil mortos e infetou mais de 6,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório